.

.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

POLÍCIA CIVIL ESCLARECE HOMICÍDIO E PRENDE QUATRO PESSOAS






A família procurou a Polícia Civil 08.10.12, narrando o desaparecimento no registro do Boletim de Ocorrência 2012/905693 o desaparecimento da vítima ELI CÉSAR DO AMARAL ROQUE. Os investigadores passaram a trabalhar com a hipótese da ocorrência de homicídio, já que informações confidenciais apontavam para tal possibilidade. 

O fato foi confirmado em 09.10.12, com o encontro do corpo parcialmente enterrado na mata conhecida por Parque Poty, localizada entre o Bairro Bosque e a Vila Nova. 
Nesta ocasião, o corpo já se encontrava em início de putrefação, dificultando-os na identificação preliminar de eventuais agressões, embora tenham constatado a existência de marcas de sangue na roupa e ao redor do local onde o corpo se encontrava. 
O corpo, então, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal para análises minuciosas acerca dos tipos de agressões e forma com que a vítima havia sido morta. 
Os investigadores trabalharam dias e noites na perspectiva de esclarecer o caso. Inicialmente descobriram que, na madrugada anterior, a vítima se encontrava com conhecidos em um baile que ocorria no local conhecido por Skiper. Depois teria ido embora de carona com algumas pessoas. Antes, porém, tinham passado em um bar localizado na Vila Nova, ode foi visto pela última vez. 
Durante as investigações, os policiais notaram que alguns, então suspeitos do crime, haviam deixado a cidade no mesmo dia do homicídio. Segundo informações, tais suspeitos tinham desavenças anteriores com a vítima. 
Foram mais de 45 dias e noites de trabalho dos policiais. Inicialmente para descobrir a autoria e, depois, produzir as provas necessárias para pedido de prisão dos criminosos. 
Com este empenho, os investigadores descobriram que a vítima havia tido um anterior desentendimento com um parente dos investigados Claudemir Carneiro, 19 anos, e Alexandro Batista Silva, 18 anos, além de dois outros menores que não tiveram os nomes divulgados. 
Como vingança, os rapazes teriam induzido à vítima a ir ao bar do pai de um deles e, quando saiu do local, estava sendo esperado por eles que o interceptaram no caminho para casa. A partir daí teriam agredido e disparado diversos tiros contra a vítima. Depois levaram o corpo para um matagal entre os Bairros Vila Nova e Humaitá e lá enterrado parcialmente o corpo entre as folhagens, sendo encontrado dois dias depois. 
Cometido o crime, refugiaram-se na casa de parentes na cidade de São José dos Pinhais, onde foram descobertos pelos investigadores. 
Em contato com a equipe de policiais daquela localidade, os policiais de Arapoti solicitaram que fosse feito um levantamento e estudo do local para que pudesse ser planejada a ação que daria cumprimento aos Mandados de Prisão e Busca e Apreensão dos Menores expedidos pelo Juízo da Comarca de Arapoti, no entanto, quando os policiais passavam pelo local, os rapazes acabaram desconfiando e tentaram fugir. A ação da polícia teve que ser antecipada, quando os policiais tiveram que agir rapidamente cercando as casas e evitando que fugissem. Com isso, conseguiram efetuar a prisão de todos na tarde de 27.11. 
No mesmo instante, os policiais de Arapoti foram comunicados da prisão e, com o apoio da equipe da Polícia Militar, iniciaram o cumprimento de Mandado de Busca Domiciliar na cidade e acabaram localizando duas armas do bando. Um revólver cal. 32 com numeração raspada e um outro cal. 22 e várias munições foram apreendidas na casa do pai de uma dos envolvidos no homicídio. Ademir Carneiro acabou sendo preso em flagrante pela posse ilegal das armas de fogo. 
Com o empenho dos policiais e o sucesso deste trabalho, a Polícia Civil de Arapoti, desde o ano de 2009, computa 100% dos casos de homicídio e outros crimes de repercussão social esclarecidos. 
Os presos deverão responder pelo crime de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e posse de arma.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Secretaria de Saúde realiza teste rápido para AIDS


Desde o dia 26 e vai até o dia 30 de novembro, a realização de exames para a detecção de HIV, sífilis e hepatites virais. Os testes estão sendo feitos no Materno Infantil, sala 18, das 8h às 11h30. É necessário levar RG e cartão do SUS.
"Esses exames já são ofertados todos os dias, mas nessa semana será ampliado devido ao dia Mundial de Combate à AIDS, que acontece no dia 1º de dezembro", lembra Alete Ribeiro, chefe da seção de vigilância epidemiológica.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Cinquenta e duas famílias assinam contrato da casa própria







-Camila Delgado
Um convênio entre a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Prefeitura Municipal de Arapoti e Caixa Econômica Federal – através da qual será realizado o financiamento das casas - propiciou que 52 novas moradias em Arapoti. As casas serão construídas através de uma parceria entre os programas Morar Bem Paraná, do governo estadual, e Minha Casa Minha Vida, do governo federal. 

As residências devem começar a ser erguidas já no início de 2013. Os beneficiados serão selecionados dentre os inscritos no programa da Cohapar de 2007 até 2011, que possuam renda de 1,5 a 3 salários mínimos, sem restrição cadastral e com família constituída. Haverá também uma porcentagem de moradias destinada para funcionários da Prefeitura Municipal com as mesmas características socioeconômicas dos demais escolhidos. 
"As parcelas do financiamento são mais baratas que um aluguel. Mas acima do valor financeiro está o valor de ter o seu lar", discursou Luiz Fernando de Masi, prefeito municipal. Luiz Henrique Borgo, superintendente regional da Caixa Econômica Federal (CEF) lembrou que os subsídios ultrapassam os 17 mil reais por moradia. 
A cerimônia de assinatura dos contratos aconteceu na manhã de ontem, 26, no Centro Administrativo Municipal de Arapoti. Estiveram presentes na solenidade o prefeito, Luiz Fernando de Masi; o prefeito eleito, Braz Rizzi; o superintendente regional da CEF, Luiz Henrique Borgo; o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche; a secretária municipal de assistência social, Osicléia Carneiro; a gerente da CEF de Jaguariaíva, Márcia Silveira e representantes da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB), da Emater, do deputado federal André Vargas e do deputado estadual Hermas Brandão Júnior

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Chaowiche hoje em Arapoti

Mais 52 unidades habitacionais para Arapoti

PRESIDENTE DA COHAPAR VEM ASSINAR CONVENIO PARA CASAS POPULARES

O presidente da Cohapar, Mounir Chawiche, estará hoje em Arapoti, assinando contratos para a construção de 52 casas, através dos programas, "Morar Bem Paraná" e "Minha Casa Minha Vida 2"
Detalhes no decorrer do dia.

domingo, 25 de novembro de 2012

Operação entre Polícia Civil e Militar esclarece furtos e recupera motos



              Um dos furtos havia ocorrido na madrugada do dia 19.11.12, na Vila Romana, depois da vítima ter deixado sua motocicleta Honda CBX/250 Twister vermelha estacionada na garagem de sua residência. Os policiais agiram rapidamente nos trabalhos a fim de recuperar o veículo, sendo que, obtiveram informações de que havia uma motocicleta sendo desmontada no meio de um matagal próximo à área urbana. Os policiais realizaram campanas no local e identificaram os autores, no entanto os mesmo acabaram fugindo do local antes de serem presos. Durante a manhã., a motocicleta Twister avaliada em R$ 6.000,00, acabou sendo recuperada. Na sequência dos trabalhos, os investigadores Angelo, Paulo, Patrícia e os Policiais Militares Sd. Matias e Sd. Almeida conseguiram localizar três rapazes que tinham sido identificados desmontando a moto. Todos foram conduzidos para Delegacia. Cleiton de Melo, 22 anos e com várias passagens pela polícia e Isaqueu F. Sene, 18, acabaram confessando o furto. As mesmas pessoas já eram investigadas por furto de outras motos, sendo que mais dois outros casos foram esclarecidos. Uma furtada no Jardim Aratinga em 07.11.12, também da garagem da vítima, já tinha sido desmontada pelos criminosos e vendida as peças. Outra já recuperada e em poder da vítima.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Arapoti é campeã em quatro categorias do Agrinho Estadual



A solenidade de premiação aconteceu no último dia 09, em Curitiba, e reuniu mais de mil pessoas entre alunos, professores, parceiros do Programa e representantes do poder público.Desenho 1º ano, Redação 2º ano, Redação 5º ano - escola pública e Redação 5º ano - escola particular. Estas foram as categorias em que o município de Arapoti conquistou o primeiro lugar no Agrinho Estadual. A cidade também foi premiada com o projeto de experiência pedagógica, alcançando o 13º lugar.
O Projeto Agrinho está em sua 17ª edição e foi elaborado pelo SENAR-PR com a proposta de estimular o desenvolvimento de trabalhos em diversas áreas nas escolas do estado. Por ano, envolve mais de 1,5 milhão de estudantes e cerca de 80 mil professores de aproximadamente oito mil instituições.
Nasceu no Paraná e se espalhou pelo Brasil, levando cidadania às pessoas em nove estados. O envolvimento de parcerias tem contribuído para a consolidação do programa. São parceiros: Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado do Paraná, Itaipu Binacional e Dow AgroSciences.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Homenagem

 Câmara concede moção de aplauso após busca de aluno desaparecido

Graças aos esforços do Corpo de Bombeiro e Defesa Civil de Arapoti, bem como pelo apoio do Secretário da Educação, Flávio Arns, o menino Thiago foi devolvido em segurança à sua família


A Câmara de Arapoti concedeu nesta segunda-feira (19) Moção de Aplauso aos profissionais da Escola Rafael Ribeiro de Lara – APAE Arapoti, aos agentes do Corpo de Bombeiros Comunitário e Defesa Civil de Arapoti, e ao Secretário de Estado da Educação, Flávio Arns. A proposição levou assinatura dos nove parlamentares.
A homenagem é um reconhecimento aos esforços de todos na busca por Thiago Ferreira da Silva dos Santos, de 21 anos, aluno da Apae Arapoti. Thiago desapareceu no último dia 19 de outubro de sua casa no Distrito de Calógeras, onde mora com a família. Com a mobilização destas e outras entidades, o estudante foi encontrado no dia 23 de outubro, pelo Corpo de Bombeiros, em Ponta Grossa.
“É pois justa a homenagem desta Casa de Leis à estas entidades que desenvolvem seus trabalhos prezando sempre pela valorização do ser humano”, agradece o presidente da Casa, Silvio Lara, em nome dos demais vereadores.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Mais 987 famílias serão atendidas por sistema de esgoto

Obra de R$ 2,5 milhões inclui 21,4 mil metros de rede coletora 

Moradores do Jardim Ceres, Vila Rudy, Vila Burrinho e Vila Kátia, em Arapoti, estarão recebendo, durante as próximas semanas, a visita de agentes socioambientais a serviço da Sanepar. Eles estarão identificados através de crachá com a inscrição “a serviço da Sanepar”
O objetivo do trabalho é orientar o cliente sobre a maneira correta de realizar interligação à rede coletora e informar sobre os benefícios à saúde trazidos pelo saneamento. Após as abordagens de orientação, as residências passarão pela vistoria técnica ambiental e o cliente terá um prazo de 30 dias para efetuar as adequações, quando necessárias.
Os agentes a serviço da Sanepar orientam para que as instalações hidráulicas da cozinha, inclusive a caixa de gordura, do banheiro, do tanque e da máquina de lavar roupa e louça sejam ligadas na rede coletora de esgotos da Sanepar. Já as águas de chuva devem ser lançadas nas galerias pluviais.
Ao todo, 987 famílias de Arapoti estão sendo integradas ao sistema de esgotamento sanitário. De acordo com o gerente regional Juarez Wollz, (foto), para atende-los a Sanepar investiu mais de R$ 2,5 milhões. A obra incluiu a construção de 21,4 mil metros de rede coletora, uma estação elevatória, linha de recalque, coletores e travessias, que são estruturas necessárias ao sistema de esgotamento sanitário.
Os clientes que tiverem dúvidas podem entrar em contato com a Sanepar através do telefone (43)3557-2626 ou diretamente no escritório de atendimento, à Avenida Luiz Pinheiro, 1368, das 8 às 12h e das 13h30 às 17h30.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Aprovado orçamento municipal para 2013

Investimentos previstos com recursos próprios chegam a R$ 1,9 milhão
Após ampla análise e discussão, a Câmara de Arapoti aprovou nesta segunda-feira (12), em primeiro turno, o projeto de lei ordinária que dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2013 e estabelece as metas e investimentos da administração municipal para o próximo ano. O texto, que recebeu parecer favorável de todas as Comissões Permanentes da Casa, deverá passar mais uma vez por apreciação em Plenário antes de ser encaminhado ao Executivo para sanção.
O projeto aprovado é um substitutivo ao original, elaborado pela Prefeitura conforme reivindicações da comunidade, expostas em audiência pública realizada pela Casa no mês de agosto deste ano. Na LDO estão previstos investimentos, com recursos próprios, no valor total de R$1,9 milhão. Entre as obras, consta a ampliação do Parque Linha Verde, a readequação do aterro sanitário e a realocação do Parque de Máquinas da Prefeitura.
“Depois da aprovação da LDO, o Executivo deve encaminhar ao parlamento o projeto da LOA [Lei Orçamentária Anual], que estima as receitas que a Prefeitura espera arrecadar durante o ano e fixa os gastos a serem feitos”, relata o Presidente da Casa, Silvio Lara (PSDB).

                                                    Emenda

Durante a Sessão Ordinária de votação da LDO, o vereador Juarez Antônio Wollz (PPS) apresentou emenda modificativa ao artigo 70, alterando para 5% a abertura de créditos adicionais suplementares do total do orçamento de cada entidade. A emenda foi aprovada por quatro votos a três, com desempate do presidente da Casa. O autor da emenda, que também é membro da Comissão de Finanças e Orçamento, defendeu que a redução de 10%, como constava, para 5% oferece mais controle à Câmara dos gastos do Executivo. “Até 5%, a Prefeitura poderá suplementar os orçamentos sem autorização da Câmara. Mais que isso, os vereadores terão que analisar e optar em autorizar ou não a manobra orçamentária”, explicou Juarez.


                                                Entenda
A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) é uma lei ordinária com validade apenas para um ano e inclui as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas. Ela orientará a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), e incluirá as alterações da legislação tributária e estabelecerá a política de aplicação das agências financeiras de fomento.
A LOA (Lei Orçamentária Anual), por sua vez, é igualmente uma lei ordinária que estima, de fato, o orçamento, a receita e fixa as despesas com validade para cada ano (exercício fiscal).

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Vereadores eleitos fazem curso preparatório



A Câmara Municipal de Arapoti em convênio com a faculdade ULT FATI/FAJAR promovem curso preparatório para os novos vereadores eleitos, que tomam posse no dia 1º de janeiro de 2013. A programação incluirá processos legislativos contidos no Regimento Interno da Casa, Lei Orgânica Municipal, Lei de Responsabilidade Fiscal e pontos específicos da Constituição Federal. 
O convênio foi assinado na noite desta segunda-feira (07) durante a aula inaugural do curso. Estiveram presentes o Presidente da Câmara, Silvio Lara (PSDB), o diretor da ULT FAJAR, José Carlos de Carvalho, e as representantes do Poder Judiciário, a Juíza de Direito da Comarca, Camila Scheraiber e a Promotora de Justiça, Andressa Chiamulera. 
A partir do ano que vem, Arapoti mantém o mesmo número de cadeiras do Legislativo atual. Serão nove vereadores, sendo oito deles vereadores pela primeira vez. “É uma forma dos eleitos conhecerem um pouco mais do Legislativo e estarem mais preparados antes de assumirem o mandato oficialmente”, disse o Presidente da Casa sobre o treinamento. 
A ULT FATI/FAJAR, que ministra o curso gratuitamente, fornecerá certificado com carga horária referente ao treinamento. O diretor da instituição aproveitou a oportunidade para convidar os novos parlamentares para participarem de disciplinas avulsas anuais e semestrais ofertadas pela faculdade, também gratuitamente. 

Aula inaugural 

A aula inaugural, realizada na noite de quarta-feira (07) em espaço cedido pelo Fórum Eleitoral, reuniu oito dos nove eleitos. A Juíza de Direito falou sobre as principais funções do vereador na Câmara Municipal. “O principal papel de vocês é legislar. Muitos prometem durante a campanha eleitoral resolver problemas que não são de competência do vereador. A lei limita as ações de cada Poder”, explicou Camila Scheraiber aos presentes. 
A Promotora de Justiça explanou sobre improbidade administrativa e fiscalização do Poder Executivo. “Os problemas que chegam até o vereador devem ser tratados sempre de modo coletivo. Se alguém, por exemplo, não conseguir remédios na rede municipal de Saúde, o vereador deve ver o porquê do ocorrido, e não apenas resolver o problema individual”, justificou.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Câmara de Arapoti aprova contas do município


Decisão segue recomendação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná 
-Nicole Chiaradia
A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara apresentou em Sessão Ordinária o projeto de decreto que aprova as contas do Poder Executivo de Arapoti, relativas ao exercício financeiro de 2010, da gestão do Prefeito Luiz Fernando de Masi (PSDB).
A proposição, aprovada de forma unânime pelos parlamentares, segue a recomendação e aprovação enviada pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), que apontou que o gestor cumpriu com as determinações constitucionais quanto aos percentuais de gastos públicos. O decreto também obteve parecer favorável das demais comissões permanentes da Câmara Municipal.
O presidente da Comissão de Finanças, Jan Roelof Pot, o Potinho (PSD), explicou que a aprovação dada pelo TCE-PR, cujo relator é o Conselheiro Hermas Eurides Brandão, é uma prova de que a gestão está aplicando o recurso conforme recomenda a Lei de Responsabilidade Fiscal.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

ARAPOTI GANHA NOVO CURSO TÉCNICO

Prefeito Luiz Fernando e o Deputado Hermas Jr
A solicitação feita pelo deputado estadual Hermas Brandão Jr para instalação do Curso Técnico de Química no Colégio Estadual de Educação Profissional de Arapoti-CEEP, foi autorizado pela pelo Conselho Estadual de Educação-CEE/PR e a instituição já passa a oferecer o curso no próximo ano.
O curso Técnico em Química- Eixo tecnológico; Controle e Processos Industriais será subsequente ao ensino médio (para alunos que já completaram o segundo grau) e deve oferecer 40 vagas no período noturno.
O Centro Estadual de Educação Profissional de Arapoti é mantido pelo Governo do Estado e é credenciado para ofertar cursos de educação profissional técnica de nível médio desde o ano de 2008. O Estabelecimento de ensino fica localizado na PR-092 no trecho de Jaguariaíva e Arapoti e já está equipado com salas de aula com tamanhos amplos e laboratórios de Física, Química e Biologia, Celulose e Papel e já dispõe de diversos equipamentos necessários para o funcionamento do curso “ O Colégio está preparado para oferecer o mais um curso técnico profissionalizante com muita qualidade, já que preenche todos os requisitos como laboratórios e estrutura física adequada.
A proposta pedagógica, assim como as condições dos recursos físicos e materiais também foi aprovada para que o curso já entre em funcionamento para o próximo ano. ” explica o deputado Hermas Brandão Jr.
Atualmente o CEEP que oferece três cursos técnicos profissionalizantes, Agropecuária com 99 alunos matriculados, o curso técnico em Celulose e Papel com 105 alunos matriculados e Segurança do Trabalho com 96 alunos, totalizando 440 alunos matriculados .
O curso foi solicitado pelo parlamentar depois de verificada falta de mão de obra e profissionais qualificados para trabalhar em empresas da região. “ A área profissional de Química irá oferecer mão de obra qualificada para toda a região, já que está ligada a diversas áreas e setores econômicos. O profissional de química pode trabalhar em diversas áreas como questões ambientais à segurança alimentar e segurança energética, portanto é uma área que cresce e exige cada vez mais de profissionais qualificados para atender as demandas do mercado”,justifica Hermas .

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Vereadores aprovam cidadão honorário a pároco

Padre Tobias deverá receber homenagem  ainda este ano 
Nicole Chiaradia
‘Pelos relevantes serviços prestados à comunidade’, os vereadores da Câmara de Arapoti aprovaram nesta segunda-feira (05) o decreto nº 177 que concede o Título de Cidadania Honorária ao Padre Tobias Ferreira Rosa, ex-pároco do município. A proposição, de autoria do vereador Ademir Aparecido Moreira (PSD), foi aprovada por unanimidade e em votação única.
“Padre Tobias, na sua mansidão e simplicidade de seu coração, sempre aberto as graças de Deus, deixou benfeitorias significativas e também saudades por onde passou. Idealizou a construção da nossa Igreja Matriz e implantou movimentos ainda ativos na comunidade católica. Mas que isso, deixou pelos quase seis anos que foi pároco em Arapoti ensinamentos preciosos e mensagens de doação ao próximo”, justificou o autor do projeto, a homenagem concedida.
Os demais vereadores fizeram questão de parabenizar a escolha do homenageado e também relembrar fatos marcantes da história do Padre com o município. O título será entregue ao Padre Tobias em Sessão Solene a ser marcada pela mesa diretora em meados do mês de dezembro, no final deste ano.

Biografia
Padre Tobias nasceu em 26 de abril de 1952, na cidade de Congoinhas, no Norte Pioneiro do Paraná. Desde criança, recebeu dos pais sólida educação cristã, o que lhe permitiu ainda com nove anos ingressar no Seminário Menor Nossa Senhora da Assunção. Seguindo sua vocação sacerdotal, conclui o Ginásio (atual Ensino Médio) e cursou Filosofia e Teologia no Seminário Maior Rainha dos Apóstolos, na capital do Estado.
Convicto da vocação de Tobias, o Bispo Dom Pedro Filipak o ordenou diácono em 1977, na Catedral Diocesana de Jacarezinho (PR). “Com muito amor, o diácono Tobias exerceu seu ministério nas Paróquias São Vicente de Paula, em Curitiba, e Nossa Senhora Aparecida, em Abatiá”, conta Ademir, autor do projeto.
No ano de 1978, também pela imposição das mãos de Dom Pedro Filipak, o diácono é ordenado sacerdote. Atendendo as necessidades pastorais, Tobias assume como Padre em setembro do mesmo ano a Paróquia São João Batista, em Arapoti. “Padre Tobias é reconhecido em Arapoti como um homem humilde e de grande visão, pois implantou e desenvolveu projetos que existem até hoje, como a construção da nossa igreja matriz e a festa de São João Batista [que ocorre todos os anos em meados do mês de junho]”, lembra o vereador Ademir.
Sempre atuante, o pároco construiu ainda as capelas dos bairros rurais Cruzo da Boa Vista, Córrego Fundo e Arrozal, e formou os movimentos Vicentinos, Shalonzinho (para crianças) e Adolescentes Cristãos de Arapoti. Organizou a Rede Católica de Comunicação (RCC), promovendo orações, dias de louvor, retiros e encontros. Realizou na mesma época as Missões Padres de Sion e Seminaristas Maiores de Jacarezinho.
Tobias ficou no município por quase seis anos, deixando ‘muita saudade e um bom testemunho’. Após este período, o Padre foi transferido para Jaguariaíva, na Paróquia São Francisco de Assis. Atualmente, Tobias é pároco na Paróquia São Roque, na cidade de Guapirama (PR).
Homenagens Ainda durante a Sessão de segunda-feira (05), o vereador Marino Carlos de Gouveia (PP) apresentou dois requerimentos solicitando a entrega de placas em homenagem às empresas Stora Enso Arapoti Indústria de Papel e à Capal Cooperativa Agroindustrial. “Tendo em vista a contribuição da referida empresa na geração de emprego bem como no progresso de nosso município”, justificou o vereador autor

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Agrinho Municipal premia os vencedores da sua 4ª edição






-Camila Delgado
Alunos e professores de colégios municipais, estaduais e particulares de Arapoti participaram da cerimônia de premiação da 4ª edição do Agrinho Arapoti. Com o tema "Saber e atuar para melhorar o mundo", 140 trabalhos concorreram nas 14 categorias existentes do programa no âmbito municipal. Desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Paraná (SENAR-PR) desde 1995, tem como objetivo incentivar o debate em sala de aula, a pesquisa e a manifestação artística acerca de temas como Meio Ambiente, Saúde, Ética, Cidadania, entre outros. Na cidade o programa Agrinho é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, sistema FAEP/SENAR e Sindicato Rural de Arapoti. 
Dirceu Osmarine, presidente do Sindicato Rural de Arapoti, lembrou da importância do projeto para os jovens. "Crianças que participaram das primeiras edições do Agrinho [estadual] hoje são prefeitos, secretários, chefes de grandes empresas. É muito importante despertar nelas essa conduta crítica da realidade", discursou. 
No Agrinho estadual foram inscritos cerca de sete mil trabalhos, e dentre os premiados estão cinco do município de Arapoti. "É muito gratificante ver que entre tantos trabalhos temos cinco representantes da nossa cidade. sinal que estamos fazendo um bom trabalho", comemorou Dirceu Osmarine. 



Confira abaixo a lista completa dos premiados:

Agrinho Municipal

Categoria Educação Especial - Rede Pública e Particular
Apae
Professora: Taciara de Jesus Podolak
Aluno: Bruno Menon

Categoria Desenho 1° ano – Rede Pública
Escola Municipal Telêmaco Carneiro
Professora: Nura Abdala Pedroso
Aluna: Amanda Caroline Ferreira Pietroski

Categoria Desenho 1° ano – Rede Particular
Colégios Colônia Holandesa
Professora: Daiane Ribas Lachman
Aluno: Vitor Gonzaga


Categoria Redação 2° e 3° ano – Rede Pública
Escola Municipal Romana Carneiro Klüppel
Professora: Eliana Louzada
Aluno: Guilherme C. Souda de Oliveira

Categoria Redação 2° e 3° ano – Rede Particular
Colégio Positivo
Professor: Lucas Eduardo da Silva
Aluna: Isadora Baby Couto

Categoria Redação 4° e 5° ano – Rede Pública
Escola Municipal Clotário Portugal
Professora: Ledi Carvalho Ferreira
Aluno: Osni Aparecido Vicente Junior

Categoria Redação 4° e 5° ano – Rede Particular
Colégio Sespp
Professora: Helena Aparecida de Oliveira
Aluna: Amanda Carvalho Cutas

Categoria Redação 6º e 7º ano – Rede Pública
Escola Estadual de Calógeras
Professora: Helena Aparecida de Oliveira
Aluna: Elisama Teobal Tavares

Categoria Redação 6º e 7º ano – Rede Particular
Colégio Sespp
Professora: Luana Cristina campos Viccini
Aluna: Any Emanuely Martins Bispo

Categoria Redação 8º e 9º ano – Rede Pública
Colégio Estadual Coronel Costa Neto
Professora: Angela Honorato Gomes de Oliveira
Aluna: Jheniffer Simão Dobke

Categoria Redação 8º e 9º ano – Rede Particular
Colégio Colônia Holandesa
Professora: Paula Maria Mendes Rogenski
Aluna: Fernanda Barros Vieira

Categoria Escola Agrinho
Escola Municipal Clotário Portugal
Professora: Daniela da Silva Mendes

Categoria Experiência Pedagógica – Rede Pública
1° Lugar: Escola Municipal Clotário Portugal
Professora: Marise Aparecida Furquim Santos

2° Lugar: Escola Municipal Dona Zizi
Professora: Eli Michaloski Tolentino

3°Lugar: Escola Municipal Romana Carneiro Klüppel
Professora: Aldréia Kubaski Perez


Categoria Experiência Pedagógica – Rede Particular
1° Lugar: Colégio Sespp
Professora: Luana Cristina Campos Viccini


Agrinho Estadual

Categoria Desenho 1° ano
Colégios Sespp
Professora: Daniele Santos de Matos Guerke
Aluna: Manuela de Azevedo da Silva

Categoria Redação 2° ano
Escola Municipal Romana Carneiro Klüppel
Professora: Eliana Louzada Batista
Aluno: Guilherme Catides Souza de Oliveira

Categoria Redação 5° ano
Escola Municipal Clotário Portugal
Professora: Ledi Carvalho Batista
Aluno: Osni Aparecido Vicente Junior

Categoria Redação 5° ano
Colégio Sespp
Professora: Helena Aparecida de Oliveira
Aluna: Amanda Carvalho Cutas

Categoria Experiência Pedagógica
Escola Municipal Dona Zizi
Professora: Eli Michaloski Tolentino