.

.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Cartão Postal: Vereadores cobram melhorias na Linha Verde

Iluminação e colocação de 
bancos são reivindicações


Os vereadores Juarez Antônio Wollz (PPS), Jan Roelof Pot, o Potinho (PSD) e Marino Carlos de Gouveia (PP) apresentaram proposições na última segunda-feira (28) solicitando investimento em um dos Cartões Postais de Arapoti, o Parque Municipal Linha Verde.
O requerimento 54/2012 de autoria de Juarez Wollz reitera as solicitações feitas em março e setembro do ano passado para execução de melhorias na iluminação pública do parque. Preocupado com a falta de segurança no local proporcionado pela iluminação insuficiente, o vereador cobra do Poder Executivo Municipal que o investimento seja realizado em caráter de urgência visto o anseio popular. “Há um ano fui ao departamento Financeiro da Prefeitura onde fui informado que a obra seria realizada de imediato. Existe dotação orçamentária e não entendo o porquê da não execução do projeto”, reclama.
A iluminação da Linha Verde vem sendo tema de requerimento e indicações desde 2002, quando o vereador da época Homar Negrão, temendo uma onda de assaltos, fez indicação pedindo conclusão da Iluminação do Parque – inaugurado em 1999. De lá pra cá, outras sete proposições a pedido de moradores, pedestres e ciclistas que reclamam da falta de segurança, vandalismo e do consumo de drogas no local passaram pelo Plenário arapotiense.
Segundo informa o chefe da divisão de Obras Públicas da Secretaria de Infraestrutura, Josemar Müller de Oliveira, a instalação de iluminação pública na Linha Verde já está em processo de liberação de recurso no setor de licitação.
Os vereadores Marino e Potinho também apresentaram indicação pedindo benfeitorias a esse ponto turístico que recebe todos os dias dezenas de pessoas que praticam exercícios físicos em contato com a natureza. Os edis pedem que a Prefeitura instale bancos ao longo do percurso, com quase três quilômetros de extensão, e que a pintura que marca a metragem da via seja refeita. “As melhorias visam proporcionar maior conforto aos usuários do parque em seus momentos de lazer e também incentivar a prática de esportes”, justificam.

APAE e CIAC de Arapoti participam da " 20 Caminhada para o Desenvolvimento"

A Asso  ciação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Arapoti (APAE) e o Centro de Atendimento Integral a Criança e Adolescente de Arapoti (CAIC) mobilizaram pais, professores, alunos e comunidade local para participação na 20 Caminhada para o Desenvolvimento, realizada no dia 18 de maio.
Este ano participaram cerca de 1.871 pessoas, sendo alunos e professores das escolas municipais, estaduais, particulares e comunidade em geral.
A caminhada que acontece há 38 anos em diversos países em desenvolvimento, é patrocinada por empresas da Holanda, que repassam valores as instituições de acordo com o número de participantes.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Caminhada marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil



-Camila Delgado
No último dia 18, a população arapotiense saiu às ruas para protestar contra o abuso e a exploração sexual de crianças e jovens. Com faixas pretas e cartazes, cerca de 1870 pessoas participaram da manifestação.
Organizada pela Escola de Educação Especial Rafael Ribeiro de Lara, a Apae de Arapoti, a caminhada teve como objetivo reafirmar a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de suas crianças e adolescentes.
"É importante lembrarmos à sociedade que esse tipo de crueldade,infelizmente, ainda acontece com nossas crianças, e que os governantes precisam punir esses criminosos", comenta Giane Correia, coordenadora de Educação Especial de Arapoti.
Acompanharam a manifestação: escolas públicas e particulares da cidade, ONGs, funcionários da Prefeitura e a sociedade em geral.

Dia 18 de maio
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi criado em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. Organizado pelo CEDECA/BA, representante oficial da organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia, o evento reuniu entidades de todo o país.
O dia 18 de maio foi escolhido por ter sido o dia em que Araceli Cabrera Sanches, então com oito anos, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. Embora muitos tenham acompanhado o desenrolar do caso, o silêncio da sociedade capixaba acabou por decretar a impunidade dos criminosos.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Educação: Projeto quer criar Cadastro de Informação da Primeira Infância

Medida tornará obrigatória a divulgação nominal das crianças que aguardam vaga nos Centros de Educação Infantil (CEI)

O vereador Ademir Aparecido Moreira (PSD) protocolou nesta semana um projeto de lei que institui o Cadastro de Informação Primeira Infância. O objetivo é levantar dados, através de um programa eletrônico a ser gerenciado pela Secretaria de Educação, referentes às demandas escolares contrapostas à oferta de vagas da Rede Pública de Ensino Municipal, a fim de garantir idoneidade e transparência no processo de matrícula de crianças entre zero e cinco anos.
A proposição quer tornar obrigatória a publicação da relação nominal de crianças que aguardam vagas nos Centros de Educação Infantil (CEI), na ordem cronológica de solicitação, bem como o nome dos pais e respectivo endereço. A lista deverá ficar disponível para consulta nos CEIs e no site da Prefeitura Municipal.
“Embora a Constituição Federal, em seu artigo 7º, assegure o direito dos trabalhadores à assistência gratuita aos filhos dependentes desde o nascimento até os cinco anos de idade, a realidade em muitos municípios brasileiros – inclusive em Arapoti – é que não existem vagas suficientes para atender a demanda de pais que necessitam do atendimento”, afirma o autor do projeto. “A intenção desta Lei é permitir transparência e fiscalização no preenchimento das vagas da Rede Municipal de Ensino, evitando a matrícula de crianças com preferência sobre outras por vínculos políticos ou com agentes públicos”, explica.
O Projeto do vereador Ademir tramita na Câmara Municipal aguardando parecer das Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Educação e Saúde para entrar em votação parlamentar.
-- 
Nicole Chiaradia

Arapoti é destaque na Liga de futebol de campo



-Camila Delgado
As equipes infantil e juvenil de futebol de campo de Arapoti têm sido, mais uma vez, destaque na Liga Sul Norte Pioneiro. Na primeira etapa, que foi realizada entre os dias 11 e 13 de maio em Andirá, as equipes foram finalistas e conquistaram pontos importantes na competição. Para Jean Klichowski, técnico das equipes, o incentivo ao esporte é algo muito importante para os jovens jogadores. "Os atletas ficam alojados e têm que conviver em grupo, respeitando as diferenças. E isto certamente contribui para a formação do caráter e relacionamento social entre os participantes” afirma. Este ano também foi incluída na Liga a equipe de jogadores mirins, que está sob o comando do professor Pedrinho.                                                                                   A valorização do esporte infanto-juvenil é uma das prioridades da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes. "Arapoti também participa nas modalidades de futsal feminino e masculino, além dos campeonatos inter escolares promovidos pela Prefeitura", complementa o secretário Luiz Carlos de Camargo. A próxima etapa da Liga acontece nos dias 03,04 e 05 de agosto, aqui em Arapoti.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Homenagem: Aprovada moção de aplauso a Juiz de Direito

Emocionado, o Magistrado Oswaldo Soares Neto se despede dos vereadores e cidadãos arapotienses

Vereadores concedem moção e
homenageiam Juiz por atuação popular


O Juiz Oswaldo Soares Neto finalizou seus
trabalhos na Comarca de Arapoti no útimo dia 20
Nicole Chiaradia
‘Pelo bom trabalho desenvolvido frente à Comarca de Arapoti’, a Câmara Municipal concedeu moção de aplauso ao Juiz Titular de Direito, Oswaldo Soares Neto, que deixa o município neste mês de maio para assumir o Judiciário da cidade de Apucarana, no norte do estado. Os vereadores prestaram suas homenagens, agradecendo principalmente a atuação popular e marcante do Magistrado, que ficou pouco mais de um ano em Arapoti. O Juiz emocionou-se ao discursar e foi aplaudido de pé por vereadores e cidadãos presentes na Sessão Ordinária realizada nesta segunda-feira (21).
“O trabalho realizado pelo Dr. Oswaldo mostrou grande agilidade e rapidez, atributos essenciais para aplicação da Justiça, esta que em costume é lenta e tardia. Para isso, antes de tudo, é preciso ter grande conhecimento, qualidade que ele mostrou possuir”, elogiou o Presidente da Casa, Silvio Lara (PSDB).
“Quando cheguei a Arapoti, não tinha a intenção de ir embora tão cedo, pois tinha vários projetos a serem desenvolvidos em longo prazo”, conta o jovem Juiz, que aceitou a promoção para a Comarca de Apucarana em busca do sonho de chegar ao ápice da carreira como Desembargador do Estado. “Sou servidor público, e é esta a minha função: servir a comunidade. Sou um Juiz que gosta de manter as portas do gabinete sempre abertas, de sair às ruas para conversar e entender as pessoas. Os processos que julgo representam vidas, seus interesses e seus direitos violados. Enquanto estive em Arapoti, fui um cidadão desse município”, afirmou em seu discurso de agradecimento.
“Os Poderes Legislativo e Executivo sempre estiveram mais próximos do povo, por seus representantes serem eleitos pelo voto popular. Mas o Oswaldo Soares Neto veio ao nosso município para desfazer este mito, trazendo também a Justiça para perto da população, atuando em projetos como o Justiça no Bairro, do Estado do Paraná”, lembrou o assessor jurídico da Casa, Flávio José Brondani. Observação também compartilhada pelos demais vereadores. “Geralmente o Juiz carrega a simbologia de ser inacessível, mas você mostrou que se deve ter uma postura oposta, participando da vida da comunidade”, disse a 1ª Secretária, vereadora Rosi Rogenski Ferreira (PSB), ao Juiz Oswaldo.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Barracão da Acomar volta a funcionar após ter sido tomado pelo fogo



Um incêndio ocorrido no dia 08 do mês passado (abril), destruiu parte do barracão e do material da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Arapoti (Acomar), que fica no Distrito Industrial. A intensa fumaça preta causado pelo fogo foi avistada pelo dono de um outro barracão próximo, que imediatamente acionou os bombeiros.
 De acordo com a ocorrência registrada pelo Corpo de Bombeiros, o local estava "tomado por fumaça, e que no interior do referido barracão foi identificado mais de um foco de incêndio, o que dificultou os trabalhos, além de todas as entradas estarem fechadas". Não há indícios de que o fogo tenha se iniciado por problemas na fiação elétrica.
 Entre os danos causado pelo incêndio estão o forro, telhas de eternit, fiação elétrica e a porta que precisou ser arrombada para a entrada dos bombeiros. Além dos 2,6 mil quilos de materiais recicláveis que lá se encontravam, como papelão, garrafas pet e latas de alumínio. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, isto corresponde a aproximadamente uma semana de trabalho dos catadores.
 Pouco mais de um mês depois do ocorrido, o barracão se encontra funcionando novamente. A Prefeitura realizou os reparos necessários e os nove associados da Acomar já podem utilizar o espaço com segurança.

Acomar
 A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis é apoiada pela Prefeitura Municipal de Arapoti, que  sede o barracão para o armazenamento dos materiais, o caminhão de coleta (Lixo Limpo), a prensa, a balança e o carrinho hidráulico. O ganho dos associados fica por conta da venda dos recicláveis. Os lucros são divididos igualmente entre os catadores.

Lixo Limpo
 É o programa de recolhimento separado da parte do lixo que pode ser reciclado. Devem ser separados para a coleta seletiva (Lixo Limpo): papel, plástico, metal, vidro e óleo vegetal (dentro de garrafas pet). Resíduos orgânicos (restos de comida e papéis molhados ou engordurados) e rejeitos (papel higiênico, fraldas, absorventes e curativos) vão para o lixo comum.
 Confira abaixo os dias e horários que o caminhão do Lixo Limpo passa no seu bairro
BAIRROS
DIA
TURNO
Rua T. Carneiro/M. Lupion
Segunda e Quarta
Manhã
Rua Expedicionários
Segunda e Quarta
Manhã
Vila Cachoeirinha
Segunda e Quarta
Manhã
Vila Kátia
Segunda e Quarta
Manhã
Vila Rudy
Segunda e Quarta
Manhã
Jardim Primavera
Segunda e Quarta
Manhã
Jardim Armênio
Segunda e Quarta
Manhã
Vila Matadouro
Segunda e Quarta
Manhã
Jardim Alphaville
Segunda e Quarta
Manhã
Vila Evangélica
Segunda e Quarta
Manhã
Centro
Segunda e Quarta
Manhã
Vila Holandesa
Segunda e Quarta
Manhã
Centro Cívico
Segunda e Quarta
Tarde
Vila Burrinho
Segunda e Quarta
Tarde
Jardim Ceres/Posto Hulk
Segunda e Quarta
Tarde
Rua T. Carneiro/M. Lupion
Terça e Quinta
Manhã
Rua Expedicionários
Terça e Quinta
Manhã
Vila Romana I
Terça e Quinta
Manhã
Vila Bamedindus
Terça e Quinta
Manhã
Residencial I e II
Terça e Quinta
Manhã
Vila Santa Luzia
Terça e Quinta
Manhã
Vila Santa Mônica
Terça e Quinta
Manhã
Vila Nova
Terça e Quinta
Manhã
Loteamento do Bosque
Terça e Quinta
Manhã
Vila Humaitá
Terça e Quinta
Manhã
Jardim Pindorama
Terça e Quinta
Manhã
Parque Industrial
Terça e Quinta
Tarde
Vila dos Funcionários
Terça e Quinta
Tarde
Vila Cohapar
Terça e Quinta
Tarde
Vila Romana II
Terça e Quinta
Tarde
Vila Maria Vitória
Terça e Quinta
Tarde
Jardim Leffers
Terça e Quinta
Tarde
Jardim Fabiana
Terça e Quinta
Tarde
Jardim Aratinga
Terça e Quinta
Tarde
Indústria Kemira e Cerrado das Cinzas
Sexta
Manhã
Distrito de Calógeras e KM 44
Sexta
Manhã
Manhã: das 7h30 às 11h
Tarde: das 13h às 17h

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Arapoti fará parte da Rede Mãe Paranaense


Lançado pelo governador do Estado, Beto Richa, e pelo secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, a Rede Mãe Paranaense vem para reforçar o atendimento à gestante e recém-nascidos no Paraná. De acordo com Richa, "o objetivo é garantir as gestantes um pré-natal de qualidade, referência no parto hospitalar e o acompanhamento do desenvolvimento do bebê, em especial no seu primeiro ano de vida".
O governo estadual vai investir R$ 90 milhões neste ano na rede especializada, que serão aplicados em construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde, compra de equipamentos e custeio e capacitação de equipes de saúde. A secretaria da Saúde está instituindo ainda um incentivo de qualidade do parto para os hospitais que atenderem os critérios da rede, que soma R$ 6 milhões.
No lançamento da Rede Mãe Paranaense (02 e 03/05), quatro profissionais da saúde de Arapoti estiveram em Curitiba para conhecer os protocolos do projeto e receber orientações sobre o atendimento das gestantes e crianças menores de um ano. Foram eles: a secretária municipal de Saúde, Emilaine Gregório; a enfermeira, Liliane Paccor; o médico, Eduardo Sargi e a Agente Comunitária de Saúde (ACS), Edimara Teixeira de Lara.
 O tema Mãe Paranaense também já havia sido abordado no curso aos profissionais de Atenção Primária à Saúde (APSUS) ministrado em Arapoti nos dias 17,18,24 e 25 de abril, onde participaram 120 profissionais da saúde do município. Emilaine considera o programa uma importante conquista para a população arapotiense. "É muito importante a capacitação de nossos profissionais, para darmos um melhor atendimento às gestantes e aos bebês e assim diminuirmos ainda mais o índice de mortalidade infantil", completa a secretária.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Campeonato: Vereador entrega troféus do municipal de futsal

Disputa de pênaltis garante vitória ao Inter School; Meninos da Vila ficam com vice

Nicole Chiaradia
Vereador entrega troféu de campeão ao time Inter School

Diego, o goleiro menos vazado do campeonato também recebe troféu.

Com 26 gols marcados, Gustavo Ferrinho, atacante do 
Meninos da Vila recebe o título de artilheiro do campeonato

Vereador Potinho ao lado do capitão do time Inter 
School, após receber troféu de 1º lugar

Representando a Câmara Municipal, o vereador Jan Roelof Pot, o Potinho (PSD), compareceu a final do Campeonato Municipal de Futsal Adulto 2012, realizada nesta quarta-feira (09). Atendendo ao convite da Prefeitura, o vereador fez a entrega dos troféus de campeão, vice e terceiro lugar e também de artilheiro e goleiro menos vazado do campeonato.
Em jogo acirrado, o Inter School se consagrou campeão contra o Meninos da Vila, que ficou em vice por 5 a 4 na disputa de pênaltis. O terceiro lugar ficou com a equipe Simoagro, que também venceu nos pênaltis o Jakeline Modas.
Com 26 gols marcados, o troféu de artilheiro foi levado para casa por Gustavo Ferrinho, atacante do Meninos da Vila. Defendendo o Jakeline Modas, o experiente arqueiro Diego levou o título de goleiro menos vazado do campeonato, com menos de quatro gols por partida.
“É uma grande satisfação poder participar da entrega de troféus deste campeonato, patrocinado pela Prefeitura Municipal, que reúne jovens talentos, atletas experientes e uma torcida empolgada”, disse Potinho agradecendo o convite. “O esporte educa, profissionaliza, conscientiza o jovem da importância da saúde física e mental. O incentivo à prática esportiva não pode parar, seja do poder público ou da iniciativa privada”, alertou.
Segundo assessoria de comunicação da Prefeitura, o Campeonato Municipal de Futsal Masculino Adulto, que está na 11ª edição, é realizado anualmente no primeiro e no segundo semestre. Neste ano participaram 14 equipes, que disputaram 58 jogos no total em pouco mais de dois meses de competição.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Pré-candidatura de Juarez começa a ganhar força

Juarez na foto com os deputados: Sandro Alex, Rubens Bueno e Marcelo Rangel
Recentemente o vereador e pré-candidato a prefeito Juarez Antônio Wollz, esteve reunido com a cúpula do PPS que reiterou o apoio a sua pré-candidatura. Animado, Juarez segue em frente e diz que quer fazer uma administração diferente. "Falar em cuidar da saúde, fazer asfalto, habitação e etc, isto já é obrigação do prefeito, o que vou fazer será uma administração diferente e focado principalmente na atração de indústria pra gerar muitos empregos para o nosso povo", disse o pré-candidato a prefeito na última segunda-feira, antes da reunião da câmara de vereadores.
Nascido no Distrito de Calógeras, funcionário da Sanepar desde 1982, é casado e pai de dois filhos. Formado em administração pela Fati (2004) e técnico em contabilidade. Foi vereador na gestão 2005/2008, sendo reeleito na atual gestão 2009/2012. Ele iniciou a militância política no de 2000 ao ingressar no PFL.

sábado, 12 de maio de 2012

POLICIA PRENDE TRAFICANTES: Maconha seria destribuida na cidade

Fumo maderaço vai mofar na delega

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar de Arapoti, resultou na a prisão em flagrante de três suspeitos de tráfico de drogas na última quarta-feira (09). Júlio Pedro Rodrigues, 55 anos, Lucas Krupniski, 20 anos, e Thiago Aureliano Rodrigues, 29 anos, estavam sendo investigados pela policia há vários meses. Com eles, foram apreendidos dois tabletes de maconha, pesando 1,9 quilos. Na mesma noite, as equipes policiais cumpriram mandado de prisão de Valério José Rodrigues, de 33 anos, que mantinha uma conexão com a quadrilha.
De acordo com a polícia, os envolvidos eram os principais fornecedores de droga da cidade. A equipe de inteligência da Polícia Civil de Arapoti obteve informações de que a quadrilha teria a intenção de comprar drogas na cidade de Castro. Os investigadores passaram, então, a estudar a movimentação dos suspeitos e descobriram quando a compra dos entorpecentes seria efetivada.
Os suspeitos foram abordados pelas equipes policias quando chegavam ao município de Arapoti. Houve perseguição e os suspeitos, que haviam jogado a droga pela janela do veículo alguns metros antes, acabaram presos no centro da cidade.
O veículo dos criminosos, um GM/Celta, foi apreendido e os infratores foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Todos foram levados à Delegacia de Polícia Civil de Arapoti onde permanecem à disposição da Justiça.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Aprovado plantão de funerárias

Agentes funerários não poderão permanecer próximo ao Hospital 18 de Dezembro
-Nicole Chiaradia

Foi aprovada nesta segunda-feira (07) a redação final do Projeto de Lei Ordinária n° 1387, que regulamenta as escalas de atendimento das funerárias de Arapoti. O projeto de autoria do Executivo recebeu três emendas da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de entrar em votação.
A primeira das alterações ao projeto delibera que, independentemente do regime de plantão, a família terá o direito de escolher a empresa funerária que lhe prestará o serviço. Segundo a Presidente da CCJ, vereadora Rosi Rogenski Ferreira (PSB), esta emenda aditiva visa seguir as determinações do Código de Defesa do Consumidor, vigente no território nacional desde 1990.
Outra modificação proposta pela Comissão, uma emenda supressiva, proíbe a permanência de funcionários ou veículos funerários, independente da escala de plantão, próximo ao Hospital 18 de Dezembro, desde que não estejam atendendo seus clientes ou segurados. A medida visa evitar situações constrangedoras à familiares de pacientes em óbito no momento da escolha da funerária.
A última emenda altera o período de plantão a ser seguido pelas empresas mortuárias. Originalmente, o Projeto estabelecia que o plantão fosse trocado a cada 24 horas. Mas, a pedido das próprias funerárias, a escala de atendimento terá duração de sete dias consecutivos.
O serviço funerário será ofertado a todos os óbitos ocorridos no Pronto Socorro e Emergência do Hospital Municipal 18 de Dezembro ou ainda dentro dos limites geográficos de Arapoti. O plantão de atendimento deverá ser divulgado em emissoras de rádio, jornais e demais meios de comunicação para conhecimento da população. Da mesma forma, as empresas que descumprirem a escala ou alguma outra determinação, serão multadas e, se houver reincidência, poderão ter seus alvarás de funcionamento cassados.


sábado, 5 de maio de 2012

O romântico de Arapoti


-Jc Fernandes

Cosme Valmir Rodrigues dos Santos é um homem de natureza melancólica. Tivesse nascido no século 19, seria um romântico à moda Casimiro de Abreu. Vivesse na primeira metade do século 20, beberia Françoise Sagan on the rocks. Mas nasceu em 1984, em Arapoti, nos Campos Gerais, numa família de poucas letras e pouca ciência para lidar com os labirintos da alma. Seria ele um sentimental por causa da morte do irmão gêmeo, Damião, ainda bebê?
Cosme sem Damião. Faltava algo no juízo daquele guri. No futebol, era sempre o enjeitado das peladas, o reserva da Suburbana. No amor, idem, mostrava-se um gandula – bola, só para os outros. Sua falta de sorte com as gurias ficava ainda mais evidente diante do melhor amigo, Sandrey, esse sim boa-pinta, boa-praça, bom papo. Um craque.
Do exercício diário de fugir dos cachorros, bater palmas nos portões e entregar cartas, vejam só, nasceu o ficcionista. O primeiro romance teve de ser escrito à mão, quiçá apoiado no malote da correspondência. Chama-se Antônio – o valor de um homem desprezado. Tem todos os ingredientes da prosa adolescente: um menino e uma menina se encontram num banco de praça e juntos saem pelo mundo, fazendo o bem.Aos 14 anos de idade – já se sentindo com cem anos de solidão – Cosme se empregou como carteiro. Foi quando o milagre se deu. Diante dos envelopes verde e amarelo, imaginava como seriam as remetentes. Se belas. Se apaixonadas, o peito arfante ao selar as mensagens, ai. Ficou conhecido como “o romântico do Colégio Rui Barbosa”.
Na vida como ela é, a garota custou a aparecer, mas Cosme se tornou um pouco à imagem e semelhança do personagem Antônio. Aos 17 anos, fez-se voluntário numa chácara que ampara dependentes químicos. Aos 18, caiu na estrada e virou trecheiro, nome dado aos trabalhadores braçais que zanzam pelo país fazendo o ofício que lhe oferecem, dormindo onde der, comendo marmitas e o que cai das árvores. Perambulou em seis cidades diferentes, experimentou o vento no rosto, conheceu o amor e descobriu ser um exímio encanador. Não lhe faltaria o pão de cada dia.
Assim tem sido. Durante o expediente, ocupa-se de tubos e conexões. À noite, escreve poesias e um novo romance, sempre na cozinha da meia-água onde mora com a mulher, Michelle, e os dois filhos, na vila Vitória Régia, CIC. Os textos ficam meticulosamente arquivados em pastas suspensas, guardadas em cestas de frutas, como aquelas da Ceasa. São vigiadas pela cachorrinha Tica, uma guapeca de pernas tortas.
Depois de tantos corridões recebidos das editoras de livros, o encanador desistiu de publicar. Seu sentimento se tornou o mesmo da época em que não o chamavam para o futebol: o poeta é um rejeitado. Mas eis que, meses atrás, viu-se de novo pirilampo feito o menino carteiro de outrora. Ao prestar serviços numa residência, contou à dona que rabiscava uns versos e coisa e tal. Em vez de soltar um “ahã, mas não me atrase a obra”, a mulher espocou um flash: “Traz pra eu ver?” A dona era a fotógrafa Vilma Slomp, que mostrou os escritos para o marido, o também fotógrafo Orlando Azevedo, que, emocionado, contou para mim, que agora fofoco para vocês.
Cosme soma cerca de 600 poemas. São versos ensimesmados, escritos à maneira de um diário, ao som de Bruno & Marrone. Tratam da solidão e das mágoas, mas também do cotidiano e das atitudes camaradas que podem nos salvar das migalhas e dos antidepressivos.
Tenho cá para mim que esse moço traduz em poesias aqueles queixumes ingênuos que fazemos no ombro alheio. Lê-las é como se pôr diante do espelho. Nos fazemos de fortes, como mandam esses tempos arrogantes, mas sabemos que somos parecidos ao Cosme. Algo nos falta. Chamam a isso de ausência ou desejo. Os parentes dele chamavam de Damião, o outro. Bem tinham razão.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

A PREÇO DE BANANA: Duas fazendas vão a leilão hoje




Hoje 04 de maio será realizado leilão judicial eletrônico de duas fazendas em Arapoti.
O leilão foi determinado pela juíza Carmen Lúcia da Silva, juíza da 23ª Vara Civel da Capital de São Paulo em decorrência de uma Execução de Título Extrajudicial.
Caso não sejam vendidos na primeira praça dia 04/05 as 14h, irão a segunda praça dia 24/05 as 14h, onde serão aceitos lances a partir de 60% do valor de avaliação.
Uma das fazendas com uma área de 1350 ha denominada de Fazenda Boa Vista II tem como lance inicial R$ 35.620,000,00 (Trinta e cinco milhões, seiscentos e vinte mil reais), já uma outra Fazenda a Boa Vista III é um pouco mais barata, ela tem 1.340 ha e sai por apenas R$ 35.350,000,00 (Trinta e cinco milhões, trezentos e cinquenta mil reais).
As Fazendas são da Pontrac Máquinas Agrícolas, a ação é movida pelo Bamerindus e Itau.